Com o mapa detalhado de todas as urnas apuradas e votos distribuídos pelas seis zonas eleitorais, é possível fazer inúmeras análises sobre o comportamento do ribeirão-pretano nas eleições 2012, que determinou a reeleição de Dárcy Vera (PSD) ante o oposicionista Duarte Nogueira (PSDB).

Dentre as tantas leituras, a mais emblemática (para este blogueiro, obviamente) é a derrota catastrófica do PT:

* Os 45.655 votos do candidato João Gandini no primeiro turno – equivalente a 15,06% dos votos válidos – não correspondem a uma ideologia partidária, uma bandeira petista, uma filosofia política ou qualquer outra definição que o valha;

* O pronunciamento da presidente Dilma Rousseff em Ribeirão Preto não surtiu o efeito desejado;

Para onde foram os filhos de Gandi(ni)?

Dárcy Vera recebeu 140.446 votos no primeiro turno e, apoiada pelo PT, terminou com 155.265 – crescente de 14.819 votos.

Já Duarte Nogueira, sem a desejada coligação, subiu de 92.076 para 143.516 votos – ou seja, ganhou 51.440 eleitores.

E aí? Para onde foram os filhos de Gandi(ni)?

Anúncios