O reencontro com o artista/Foto: Cleber Akamine

A promessa era de que o amigo Elvis Jr estaria neste sábado na Plaza de Armas, região central da capital chilena. Porém, o reencontrei na mesma Avenida Alameda, palco do show de sexta-feira.

Com mais tempo livre (tive a sorte de chegar próximo ao ‘intervalo’), pude conversar melhor com Héctor Benavente, de 52 anos. Casado, pai de dois filhos, Elvis Junior – como gosta e prefere ser chamado -, mora em uma casa num bairro da periferia de Santiago.

Irreverente, Elvis procura interagir com o público que atravessa a Avenida Alameda a todo momento. Como são diversas faixas, muitas pessoas ficam ‘estacionadas’ no canteiro central, palco onde ocorrem os shows às sextas e sábados. “Cuidado para não chutar o fio e as caixas de som”, diz Benavente aos mais apressados.

Depois de me reconhecer, Elvis, que manteve o PIN na camiseta (a mesma usada no dia anterior), aceitou o meu pedido: uma homenagem aos brasileiros. Escute só:

Anúncios